VINHOS CATTACINI  
  Merlot Cattacini 2011  
  Peverella Cattacini 2014  
  Clos Cattacini - Gewurztraminer 2014  
  Espumante Rosé
Nature Cattacini 2015
 
  Barbæra - Barbera Cattacini 2015  
  Quíron - Chardonnay Cattacini 2015  
  Vale do Luar - Chenin Blanc Cattacini 2015  
  Espumante Azzul Cattacini Extra-Brut  
  Clos Cattacini - Trebbiano Romagnolo 2014  
  Espumante Santiago
Extra-Brut
 
 
LINHA ZUIM

 
  Zuim Tinto 2013  
  Zuim Espumante Brut  
 
VINHOS PERSONALIZADOS

 
  Rosé La Sagrada Familia - Cattacini 2017  
  ABW - Cattacini - Ribolla Gialla - Fiano 2017  
     

 

FICHA TÉCNICA

Origem: Vale dos Vinhedos – Bento Gonçalves (RS).

Variedade: Merlot (100%).

Produto: Vinho Fino Tinto Seco – Merlot Cattacini 2011.

Graduação alcoólica: 14% vol.

Embalagem: garrafas de 750ml, screw-cap, garrafas de 1500ml, rolhas de cortiça, em caixas de papelão com 06 unidades e garrafas de 6000ml, rolhas de cortiça, em caixas de madeira com uma unidade.

Clima: subtemperado, com boa amplitude térmica.

Solo: pedregoso, bem drenado e levemente ácido.

Sistema de condução: as plantas são conduzidas pelo sistema de espaldeira simples com controle de produção, resultando aproximadamente 6.000Kg/ha.

Análise Visual: apresenta uma coloração vermelho rubi intensa, está límpido e tem uma belíssima tonalidade, típica do Merlot.

Análise Olfativa: franco, frutado e apresenta intensidade e persistência aromática, com harmonia entre a fruta e a madeira. Os principais descritores são frutas vermelhas maduras, com notas de especiarias, e chocolate.

Análise Gustativa: estruturado, com grande volume de boca, com taninos finos e marcantes, presença harmônica da madeira. Persistente, seco e com acidez presente. Bom equilíbrio entre o aspecto olfativo e gustativo.

Vinificação

  • Colheita: manual, em caixas de 20kg.

  • Seleção: manual dos cachos em mesa selecionadora.

  • Desengace: mantendo as bagas inteiras e ligeiramente esmagadas para liberação do suco sem a trituração da casca. Enchimento das cubas de fermentação por gravidade.

  • Maceração em frio: criomaceração a 8º C, com bagas inteiras por quatro dias.

  • Fermentação alcoólica: com temperatura controlada entre 25 e 30ºC, com quatro a seis pigeage, para extração lenta da cor e taninos, e uma delestage para a estabilização da cor.

  • Maceração pós-fermentativa: durante 10 a 15 dias, para maior extração de polifenóis.

  • Conversão Malolática: espontânea e completa em aço inox.

  • Amadurecimento: estágio em barris novos de carvalho francês por seis meses.

  • Estabilização: os vinhos passam quatro anos em garrafas em caves climatizadas antes de serem comercializados.

Serviço: temperatura ideal para servir é 16 a 18°C.

Harmonização: gastronômico e versátil. Acompanha o churrasco gaúcho, carnes vermelhas, incluindo as de caças, algumas variedades de queijo, massas e risotos.

 

Ficha técnica - Versão para impressão